Artigos GP3

A Importância da Gestão dos Stakeholders para o Sucesso do Projeto

Não é exagero afirmar que um projeto pode fracassar por negligenciar a gestão dos stakeholders, os quais podem ser definidos como:
“Pessoas e organizações, como clientes, patrocinadores, organizações executoras e o público, que estejam ativamente envolvidas no projeto ou cujos interesses possam ser afetados de forma positiva ou negativa pela execução ou término do projeto. Eles podem também exercer influência sobre os objetivos e resultados do projeto. A equipe de gerenciamento de projetos precisa identificar as partes interessadas, determinar suas necessidades e expectativas e, na medida do possível, gerenciar sua influência em relação aos requisitos para garantir um projeto bem-sucedido”, PMI (2004).

Além dos stakeholders principais (que são, segundo o PMI, o gerente do projeto, o cliente, a organização executora, a equipe do projeto, a equipe de gerenciamento do projeto, o patrocinador, os influenciadores e o PMO – Escritório de Projetos) há outros que também requerem atenção na ocasião da elaboração do plano de gestão do projeto e, mais especificamente, de gestão das partes interessadas. Não se pode imaginar uma obra (pública ou privada) que não interaja com a comunidade ao seu entorno, mesmo que ela não tenha nenhum vínculo formal com o projeto.
Desta forma, a correta gestão dos stakeholders deve ter uma extensa lista de todos eles, com os respectivos tipos de interesse, tipos de influência e pesos, que levarão a um plano de ação. Esse plano deve ser periodicamente revisto, bem como deve ter a inclusão de novos stakeholders que surjam no decorrer do projeto.
mao_gp3
GP3 – O Software Brasileiro de Gerenciamento de Projetos
Referências:
  • PROJECT MANAGEMENT INSTITUTE – PMI. Project Management Body of Knowledge – PMBoK. 2004, Pennsylvania: USA.
Faça agora sua assinatura do pacote GRÁTIS com seu
© 2020 GP3.com.br todos os direitos reservados